PESQUISA DE CLIMA DE EXPRESSÃO (PCE)

Um instrumento para medir o quão livres os membros da sua comunidade ou instituição se sentem para expressar suas ideias

A educação se beneficia de um ambiente de aprendizagem onde todos se sintam livres para discutir suas idéias, expor suas perguntas e debater assuntos importantes de forma aberta e honesta. É alarmante, portanto, a proliferação de relatos de membros da comunidade acadêmica com receio de expressar abertamente suas opiniões. Muitos alunos, professores e administradores acadêmicos hoje sentem como se estivessem “andando em cascas de ovos”,  censurando suas próprias opiniões e privando a si mesmos e os seus colegas da oportunidade de aprender por meio de contra-argumentos e do debate construtivo em torno de questões controversas.

Se tais formas de autocensura acontecem na sua instituição, é crucial saber: a) Quais membros da sua instituição estão se censurando? b) Quais os tópicos que mais despertam relutância? c) Que tipo de consequências os alunos temem caso expressem suas opiniões? Com a Pesquisa de Clima de Expressão [PCE], procuramos oferecer um instrumento de fácil aplicação capaz de coletar esses dados e fornecer aos professores e administradores um diagnóstico do que está acontecendo em seu campus e salas de aula.

A PCE é um instrumento desenvolvido a partir da Campus Expression Survey da Heterodox Academy, adaptado para servir propósito semelhante na educação superior brasileira. Nos EUA, o instrumento já foi aplicado em amostras de milhares de alunos em dezenas de universidades. Os dados coletados revelam que um número significativo de alunos americanos não se sente confortável se expressando a respeito de uma variedade de tópicos sensíveis. De acordo com analistas da Heterodox Academy, isso coloca alguns desafios frente a instituições de ensino superior. Altos índices de autocensura indicam que alunos não estão praticando as habilidades necessárias para elaborar, explicitar e defender suas opiniões em contextos sociais. Isso também significa que eles estariam adquirindo pouca experiência em escutar e analisar apropriadamente opiniões que diferem das suas. Habilidades cruciais tanto para o desenvolvimento educacional dos alunos estariam, portanto, sendo negligenciadas em sala de aula –  isso é, as capacidades de argumentar e de discordar um dos outros de maneira construtiva.

Considerando tanto o clima de crescente de polarização política quanto as preocupações correntes em relação à qualidade da nossa educação superior, é crucial determinar em que medida esses mesmos problemas acometem instituições de ensino no Brasil. Com isso em mente, o Projeto Prisma disponibiliza um modelo de pesquisa que pode ser adaptado a diferentes contextos de modo facilitar a coleta desses dados em solo brasileiro.

Para baixar o manual de aplicação da Pesquisa de Clima de Expressão, clique abaixo: